Joomla 3.5 Templates by FatCow Complaints
Up

Omraam Mikhaël Aïvanhov

logo

O Yoga da Alimentação, em espanhol
File Size:
273.13 kB
Date:
21 Abril 2014
Downloads:
205 x

O Mestre Omraam Mikhaël Aivanhov (1900-1986) nasceu na Bulgária. Em 1937 partiu para França, onde transmitiu o essencial do seu ensinamento.

Aquilo que nos espanta, desde a primeira abordagem, na sua obra, é a multiplicidade de pontos de vista sob os quais é apresentada esta única questão: o homem e o seu aperfeiçoamento. Qualquer que seja o tema abordado, ele é invariavelmente tratado em função do homem, em função do uso que este pode fazer desse tema, para uma melhor compreensão de si mesmo e uma melhor conduta na sua vida.

«Milhões de anos antes de os físicos terem realizado a fissão do átomo, os humanos realizaram-na todos os dias no seu próprio organismo. E continuam a realizá-la, pois a nutrição é precisamente um processo de desintegração da matéria.

Comer é aprender a desagregar a matéria e a repartir a energia, assim extraída, por todos os órgãos: pulmões, coração, cérebro... Mastigar lentamente e demoradamente os alimentos representa uma primeira etapa desta desintegração. A segunda etapa é o trabalho do pensamento, que, qual raio extremamente penetrante, se introduz até ao coração da matéria, cujas energias mais subtis liberta a fim de dar suporte ao trabalho da alma e do espírito».

«Esta obra não é um manual de dietética. Não é aqui proposto qualquer regime, pois para o mestre Omraam Mikhael Aivanhov o essencial não é propriamente saber o que comer, ou em que quantidade, mas como comer, como considerar os alimentos.

Talvez o leitor fique surpreendido pela originalidade de um pensamento que tenta, por todos os meios, arrancar o acto de comer à sua banalidade até lhe devolver o significado místico que ele pode atingir na Santa Ceia. Mesmo aqueles que se sentem estranhos a este aspecto espiritual compreenderão que, através da maneira como consideram os alimentos, podem penetrar mais profundamente o mistério das relações entre o homem e a Natureza, posto que, apesar de o homem receber da Natureza os alimentos que consome, através do seu pensamento, e dos seus sentimentos ele pode captar, nesses alimentos, elementos subtis que contribuirão para o progresso de todo o seu ser.»

Colectânea de Escritos do Mestre Omraam Aivanhov
File Size:
458.91 kB
Date:
01 Março 2015
Downloads:
331 x

Trata-se duma coletânea onde foram reunidos vários extratos de livros com temas diversos do Mestre Omraam.

Alguns temas como por exemplo, a pratica espiritual versus pratica quotidiana; a vida de casal num perpectiva mais abrangente; a origem das desigualdades; a justiça superior, entre outros temas.

 

     "Geralmente só chamamos vestes a certas peças de roupa com que nos cobrimos; mas na realidade esta questão vai muito mais longe. Assim, podemos dizer que o corpo físico é a veste da alma e do espírito, e que as palavras são as vestes do pensamento, etc. Os sentimentos, os pensamentos, as forças, possuem uma veste que lhes permite manifestarem-se. Todas as criaturas visíveis e invisíveis têm vestes.

     Uma flor por exemplo, é a veste duma determinada entidade. Por isso deve-se meditar nas flores, nas suas formas, nas suas cores, nos seus perfumes, para conhecer a natureza dos seres que possuem tais vestes; e meditar não só nas flores, mas em tudo o que existe nos diferentes reinos da natureza: mineral, vegetal, animal e humano. Um cristal, um diamante, uma pedra preciosa, é a veste, o corpo no qual uma entidade espiritual se encarnou para manifestar-se..."

 

 

 
 
Powered by Phoca Download